Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Igreja Paroquial de Nossa Senhora da Barreira em Ribeira de São João.

A Nossa Senhora da Barreira é a padroeira da Igreja Paroquial da Ribeira de São João.

A Igreja foi construída tendo por base a antiga ermida de Nossa Senhora da Barreira que surge no século XII (2 de Junho de 1218) ligada aos frades Dominicanos da Serra de Montejunto e foi elevada à categoria de Igreja Paroquial quando se constituiu a freguesia canónica em 1985. Esta pequena igreja sofreu várias modificações desde a sua construção. As datas das modificações ou restauros mais recentes estão gravadas em pedras existentes nas paredes do edifício e remontam aos anos de 1971, 1983 e 1984.
Como curiosidades
- esta capela era denominada originalmente de Nossa Senhora Rainha Sam Joam Evangelista.
- No exterior, o sino está datado de 1961 que foi o ano em que foi substituído o velho sino. Em 1983 a capela foi totalmente restaurada e nessa altura o telhado e o campanário foram levantados e o alpendre da frontaria foi reconfigurado surgindo assim o existentes com um muro de um metro de altura no qual assentam seis colunas de apoio à cobertura de estilo toscano.
- O interior do templo é formado por uma nave que se separa da cabeceira por um arco. O altar actual data de 1967 que é a data em que o antigo altar foi removido e colocado no seu lugar o existente em mármore. Junto ao altar também existiam algumas pedras sepulcrais que foram tapadas pela tijoleira existente colocada em 1997.
- As peças interessantes que a igreja possui, são a imagem muito bonita e antiga da padroeira datada do século XII e a Pia de Água-benta igualmente antiga.




Existe uma história muito curiosa sobre a igreja que é seguinte:
Segundo uma lenda antiga, andava um homem a lavrar a terra nas fazendas de Barreiras quando o arado bateu em algo que se veio a verificar ser uma imagem de Nossa Senhora. O homem pegou na imagem e entregou-a às autoridades que a levaram para a igreja de São João da Ribeira. A imagem desapareceu passados uns dias e foi novamente encontrada nas fazendas de Barreira sendo novamente levada para a igreja. A história repetiu-se várias vezes até ser construída a capela que actualmente é a igreja paroquial e aí guardada a imagem de Nossa Senhora.


Existe uma festa em honra da padroeira que se realiza todos os anos no domingo do Espírito Santo. A procissão começou a ser realizada em 1972, mas três anos depois gerou-se controvérsia no seio da Diocese de Santarém resultando na proibição da procissão se realizar ao Domingo. Só uns anos mais tarde é que se começou novamente a realizar a procissão, mas ao Sábado. Actualmente realiza-se no Domingo do Espírito Santo.
No exterior da igreja existe uma zona para festas, uma bonita pérgula e uma bica de água para refrescar nos dias quentes.



Imagem antiga da capela.

Sem comentários:

Enviar um comentário