Pesquisar neste blogue

domingo, 31 de janeiro de 2010

Olho D'Água em Alcobertas


O Olho D’Água em Alcobertas é a nascente da Ribeira de Alcobertas. Esta ribeira percorre 25,6km até se juntar ao rio Maior na Vala da Asseca em Santarém, tornando-se afluente do rio Tejo na zona de Azambuja.

Alcobertas faz parte do Parque Natural das Serras d’Aire e Candeeiros que constitui um dos maiores reservatórios de água doce subterrânea do nosso país. Nesta zona cársica formam-se muitas cavernas e fendas profundas devido à erosão do calcário pela acção das águas pluviais. Devido a esta abundância de água, esta surge à superfície em Alcobertas e mantém o seu caudal ao longo de todo o ano.

Devido à região ser aparentemente seca este foi um ponto de abastecimento de água (como que um oásis) para animais e pessoas que percorriam vários quilómetros para aqui chegarem. Ainda se pode observar a rampa de calçada, por onde os animais desciam para vir matar a sede principalmente durante os meses quentes de Verão.

Na zona do Olho D’Água existe um parque de merendas situado mesmo no meio de dois ramais da ribeira. Aqui se pode merendar nos dias quentes tendo água fresca por perto e protegidos do Sol pelas copas das altas árvores aí existentes.

Em 1995 o olho d’água sofreu obras de reconstrução.






 
Em épocas de grandes chuvas o caudal que surge das entranhas da terra é verdadeiramente impressionante.

Imagem antiga do olho d'água.


Para saber mais sobre um estudo para aproveitar esta nascente no abastecimento de Lisboa, em 1867:
http://rio-maior-cidadania.blogspot.pt/2013/02/estudo-de-1867-para-abastecer-agua.html 

Sem comentários:

Enviar um comentário