Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 28 de março de 2014

Parque Infantil em Malaqueijo


Este parque infantil situa-se no local de Casais da Própria em Malaqueijo. Mais propriamente na Rua do Barreiro.
O parque foi realizado pela Junta de Freguesia de Malaqueijo, num terreno cedido por António Montez.

O parque tem equipamento de diversão antigo e piso em areia.


Ao entrar neste parque recordei de uma forma muito presente a minha juventude numa altura em que remodelaram o parque infantil da minha terra de origem e apareceram com esta novidade de diversões metálicas todas bonitas. Tempos nostálgicos em que se partiam dentes e rachavam cabeças, mas ninguém reclamava e... éramos felizes.

quinta-feira, 27 de março de 2014

Moinhos de Vento em Azambujeira


Azambujeira possui vários antigos moinhos de vento.

O primeiro que aqui descrevo encontra-se em Alfouvés, entre a Estrada das Encostas e a Rua dos Moinhos.
Mesmo estando em ruína, apresenta toda a sua imponência.



O segundo moinho encontra-se logo ao lado, o Moinho do Guedes.
Este moinho foi transformado em habitação.



O terceiro moinho encontra-se à entrada da povoação de Azambujeira, junto ao campo de futebol, na Rua Cidade de Rio Maior.
Este moinho também foi transformado em habitação.

O quarto moinho encontra-se uns metros mais à frente, seguindo pela mesma estrada e encontra-se em ruínas.

quarta-feira, 26 de março de 2014

Forno de Cal em Malaqueijo.



Em Malaqueijo existe um Forno de Cal precisamente na rua do forno.
Este forno encontra-se atualmente junto a habitações.
Claro que o forno já se encontra adulterado, mas lá está ele para lembrar que em tempos não muito remotos a cal era o ganha-pão de várias famílias de Malaqueijo.



Não muito longe deste lugar existe um outro forno sobre o qual pode saber mais em: 

terça-feira, 25 de março de 2014

Jardim em Asseiceira



Jardim em Asseiceira

Mesmo junto ao edifício da Junta de Freguesia de Asseiceira, existe um agradável jardim.
Este jardim, fica na interceção da Rua da Escola com a Rua 16 de Maio. O nome desta última rua deve-se à data da primeira aparição Mariana que ocorreu em Asseiceira com o vidente Carlos Delgado. Ver o artigo http://rio-maior-cidadania.blogspot.pt/2010/01/aparicao-mariana-em-asseiceira.html.

Neste jardim que possui vários bancos, mesa e sombra para proporcionar uns bons momentos de descanso, domina o parque infantil. Este parque para crianças entre os 3 e os 12 anos tem piso sintético e é constituído por um escorrega, baloiços e um brinquedo de mola.


Num dos cantos do parque existe uma pequena fonte e uma pedra alusiva a uma Escola-Oficina de Calçada Portuguesa que decorreu em Asseiceira entre 4 de Junho de 2001 e 14 de Junho de 2002 com o apoio do IEFP.

Mesmo ao lado encontram-se as Instalações Desportivas inauguradas no dia 25 de Abril de 2007 com a presença do Presidente da Câmara de Rio Maior, Silvino Sequeira e do Presidente da Junta de Freguesia de Asseiceira, Augusto Figueiredo.

A fazer fronteira com estes dois equipamentos existe a Escola Básica do 1º Ciclo.
Esta escola foi inaugurada em 1958 e sofreu obras de ampliação que foram inauguradas a 25 de Abril de 2007. Integrada neste complexo escolar existe uma Biblioteca Escolar que tem a parceria do Agrupamento Marinhas do Sal, da Câmara Municipal de Rio Maior, da Direção Regional de Educação de Lisboa e da Junta de Freguesia de Asseiceir.

segunda-feira, 24 de março de 2014

Fonte na Cabeça Gorda, S. J. da Ribeira



A fonte do Largo do Rato em Cabeça Gorda, São João da Ribeira, sofreu recentemente obras de beneficiação.
Com estas obras, a fonte ficou mais agradável e convidativa.
O acesso à bica de água faz-se via alguns degraus e na parede principal de fonte, foi aplicado um painel de azulejos alusivo à vindima.


Pode ver o estado anterior da fonte em:
É a segunda fonte neste artigo.

domingo, 16 de março de 2014

Jardim em Outeiro da Cortiçada


Em Outeiro da Cortiçada, perto do edifício da Junta de Freguesia, existe um pequeno jardim.
Este pequeno, mas agradável jardim, contem um parque infantil e um fontanário inaugurado em 5 de Junho de 1983 por António Pena Monteiro, à data Governador Civil de Santarém.

Aqui não falta sombra nem bancos para se passar uns agradáveis momentos de repouso durante as quentes tardes de Verão.